O PT sempre foi vanguarda nas políticas de participação e inclusão das mulheres na política. Foi por várias de suas iniciativas que muito se avançou na legislação e nas políticas públicas na temática de gênero no Brasil.

Foi o primeiro partido a estabelecer cotas de 30% de mulheres nas instâncias partidárias e, numa trajetória de lutas, hoje sua estrutura organizacional garante paridade de gênero em todas as instâncias de direção. O que é um desafio, pois a paridade tem que ser construção permanente e cotidiana, responsabilidade de todas e todos, garantindo não apenas o ingresso das mulheres na direção, mas sua permanência e empoderamento.

O Partido dos Trabalhadores e das Trabalhadoras elegeu a primeira mulher presidenta da República, Dilma Rousseff, que a história há de honrar por sua postura ilibada, que mostrou para as mulheres que elas também podem. Podem governar um país e qualquer outra instituição que quiserem.

Golpeada pelos machistas corruptos e corruptores, essa guerreira também mostra que as mulheres, não se curvam e também podem enfrentar preconceitos e crises de cabeça erguida. Dilma colocou sua vida mais uma vez a serviço da democracia e do povo brasileiro.

Com visão singular do golpe, infelizmente tudo que nossa presidenta legítima do Brasil disse em seu discurso no afastamento do governo vem se consolidando. O golpe atingiu todas as mulheres e o povo mais humilde, honesto e trabalhador.

Mas toda crise também traz oportunidades. Já era hora desse partido ser comandado por uma mulher. Bem-vinda presidenta Gleisi Hoffmann!

Você chega renovando a esperança e a utopia da construção partidária para a transformação da sociedade. Uma sociedade mais justa, fraterna e com igualdade de oportunidades entre homens e mulheres. Uma sociedade mais inclusiva, que seja capaz de recuperar sua capacidade de vivenciar os valores humanos. Uma sociedade que passa por uma metamorfose. E metamorfose as mulheres conhecem bem.

Fico feliz e honrada em ser a primeira mulher presidenta do PT de Goiás. Mas ter uma outra mulher na presidência da direção nacional será com toda certeza um solo fértil de construção de infinitas possibilidades, com a construção de novas mentalidades e práticas diferenciadas no fazer político.

De tudo que a crise e o golpe nos trouxe, ousemos resistir e olhar para as oportunidades.

Estar no ranking dos influenciadores políticos (porque não influenciadoras) nos últimos sete dias é apenas o começo de um grande avanço na trajetória política da presidenta Gleisi. E isso não é apenas no Facebook.

Ontem uma senhora, que nem é filiada ao PT, me encontrou e disse: “E a nossa pequena, hein?” Disse: “Pequena quem?” Ela disparou: “A pequenininha de Brasília, a presidenta. Ela é pequena no tamanho e grande na ação. Está mandando ver no Senado”. Estou fã. Então eu encerrei a conversa dizendo: “Tenho orgulho em tê-la como presidenta e parceira”.

A esperança que o Brasil deposita mais uma vez no PT, aumenta a nossa responsabilidade da nova direção. Ter o melhor presidente da história da República brasileira é gratificante. Mas é preciso ter consciência de tudo que significa para o PT e para o povo a volta do Lula para a presidência do Brasil.

São os direitos sociais garantidos e o desenvolvimento retomando seu curso. É o povo voltando a ser feliz e protagonistas novamente. É a democracia voltando para o centro do nosso debate.

Sigamos todas e todos juntos. Ganha o PT e ganha a sociedade brasileira.

Estamos juntas, presidenta Gleisi!

Estamos juntos, presidente Lula!

Estamos juntas, militância aguerrida do PT!

Por Kátia Maria dos Santos, presidenta do PT-GO, pedagoga, mestre em Geografia e consultora em planejamento para a Tribuna de Debates do PT.
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: