A assembleia Legislativa da Paraíba enviará oficio a Organização das Nações Unidas – ONU, a Organização dos Estados Americanos – OEA e ao Governador do Estado do Pará, Simão Jatene, solicitando uma investigação sobre a violência ocorrida no último dia 24 de maio, no Estado do Pará, que resultou no assassinato de onze trabalhadores rurais e quatorze feridos, pessoas estas integrantes da liga de camponeses pobres daquele Estado. A iniciativa partiu do deputado Jeová Campos (PSB), através do requerimento N° 7464/2017, aprovado em plenário, na sessão da ALPB da última terça-feira (20).

“Esses agricultores mortos eram camponeses pobres da região do Araguaia, do Tocantins e do Pará, e estavam defendendo o direito de permanecer na terra, eram pais de família, líderes de um movimento legítimo e este fato não pode ficar impune, como tantos outros que ocorrem Brasil afora”, argumenta Jeová. Ele lembra que de acordo com a Comissão Pastoral da Terra (CPT), em 2016 foram registrados sessenta e um assassinatos em conflitos no campo, o maior número desde o início do monitoramento da entidade, em 2003. Em 2017, o total de mortes no campo, até maio, já totalizava 26, além dos casos ocorridos no dia 24, no Pará.


“Uma questão é preservar a ordem, que é uma prerrogativa do Estado, outra é matar pessoas. Entendemos que uma instituição como a Polícia Militar deve dar segurança à população quando existe um conflito. Mas, não foi o que ocorreu em Pau D´Arco, no último dia 24, pois os onze agricultores foram mortos pelos integrantes da segurança pública. Isso é inadmissível e inaceitável”, finalizou Jeová.
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: