A expectativa do deputado estadual Jeová Campos, autor do requerimento  Nº 7144/2017 que propõe a realização de uma visita técnica às obras de transposições de águas do Rio São Francisco no Eixo Norte, é de que ela seja realizada ainda na primeira quinzena deste mês. O requerimento foi incluído na pauta da sessão da última quarta-feira (26) e aprovado por unanimidade. A proposta é realizar uma visita iniciando em Cabrobó (PE), onde as obras estão paradas deste julho do ano passado, e terminando na barragem de Caiçara, em Cajazeiras (PB).

“Fiz essa solicitação dada à gravidade da situação, haja vista que as obras do Eixo Norte estão paralisadas desde julho do ano passado e quando a gente pensou que elas iam ser retomadas agora, após a conclusão da licitação para contratação da nova empresa,  eis que surge um processo de judicialização do certame que a gente não tem noção de quando vai acabar. E como quem tem sede tem pressa, a ALPB vai promover,  no âmbito da Frente Parlamentar da Água, essa visita técnica para chamar a atenção da sociedade para a gravidade do problema e cobrar do governo federal e agora da Justiça uma resposta imediata para resolução do problema”, argumenta Jeová.

A ideia, segundo o parlamentar, é fazer uma força tarefa que inclua não apenas a ALPB, mas, também os deputados do Rio Grande do Norte, além de entidades da sociedade civil organizada da Paraíba e de outros estados do Nordeste para pressionar os órgãos competentes, no sentido de retomar a obra, que já está praticamente pronta, para que as águas da transposição também possam chegar ao sertão paraibano, rio grandense e cearense. “Sem esse trecho, que está com mais de 90% concluído, as águas não chegarão ao nosso sertão, nem no Rio Grande do Norte e Ceará”, destaca Jeová.



News Comunicação
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: