O deputado Jeová Campos (PSB) justificou, na manhã desta quinta-feira (11), a ausência em Curitiba durante o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro. De acordo com o socialista, um tratamento de saúde dificultou a ida para a capital paranaense.

“Eu não fui porque eu tinha agendado uma endoscopia no estômago, eu estou com um problema na voz e precisava investigar para saber a causa, que é um refluxo. Mas, queria muito estar ao lado do povo brasileiro abraçando Lula e desmascarando a farsa desse processo”, disse.

O parlamentar, que já foi filiado ao PT, disse que “nunca deixará de ser petista”. Ele criticou, ainda, a forma de como o juiz Sérgio Moro conduz a operação Lava Jato.


MaisPB
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: