Apesar de alguns aliados do PSB não descartarem uma reaproximação da legenda com antigos aliados, a exemplo do PMDB do senador José Maranhão, e do PSD do prefeito Luciano Cartaxo, o governador Ricardo Coutinho (PSB) preferiu não tocar no assunto, quando indagado sobre a possibilidade de os três partidos caminharem juntos nas eleições de 2018.

O socialista, todavia, lamentou a enxurrada de críticas dos adversários no tocante as ações do Estado, que recaem, principalmente, nos benefícios que o povo está recebendo.

“Eu não tenho isso na pauta, nem sei de onde vem isso (a retomada de diálogo). O que eu vejo são criticas, eu não diria nem a mim, mas aquilo que o Estado tem feito, portanto críticas aos benefícios que o povo tem recebido. Mas eu, na verdade estou é disposto a continuar a mudar a Paraíba. Essa é a questão central. Estou disposto a celebrar agora em abril que Paraíba não tem mais nenhuma cidade, das 54 de quando assumi, que não tenha o acesso através do asfalto. Estou disposto a dizer àquele ex-governador que me critica, que eu fiz dez vezes mais adutoras do que ele, e ele teve mais tempo que eu Então estou disposto a fazer mais disso”, respondeu.

Coutinho disse que olha para a política com a responsabilidade que ela merece, e não como negócio, como atualmente muitos fazem, discutindo apenas nomes, pessoas, em vez de discutir projetos e ações voltadas para o desenvolvimento da coletividade.

“Eu hoje começo o dia com mais vontade de trabalhar do que eu começava em 2011, portanto eu estou olhando para política com a responsabilidade que ela merece. No Brasil Brasil a política se deteriorou, virou um grande caso de negócio, e eu não existo para isso, eu existo para poder olhar para política com grande instrumento de transformação social, é esse o caminho”, arrematou.


PB Agora
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: