O professor capixaba Wemerson da Silva Nogueira, de 26 anos, é o único brasileiro que está entre os 10 finalistas do Global Teacher Prize, uma das maiores premiações educacionais do mundo e considerada o “Nobel da Educação”.

O prêmio reconhece ações transformadoras protagonizadas por educadores dentro da sala de aula e em suas comunidades. Wemerson é um destes professores, que não só mudaram as perspectivas de aprendizagem de seus alunos, mas levaram soluções para a população local.

Filho de agricultores e formado em ciências biológicas por ensino à distância, o professor do ES está próximo do prêmio de US$ 1 milhão. O resultado da premiação será divulgado em 19 de março, durante o evento Global Education and Skills Forum 2017, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Filtrando as lágrimas do Rio Doce

Wemerson, que leciona química e ciências, desenvolveu o projeto chamado “Filtrando as lágrimas do Rio Doce” na EEEFM Antonio dos Santos Neves, em Boa Esperança (ES). Durante um trabalho de campo, ele e os estudantes da 8ª série criaram um filtro para purificar a água do Rio Doce.

A ideia era ajudar os moradores atingidos pela lama vazada do rompimento da barragem de Mariana (MG), o maior desastre ambiental do Brasil ocorrido em novembro de 2015. Segundo o professor, os filtros foram levados para a comunidade de Regência (ES), onde muitos ribeirinhos não tinham água potável para usar.
 
O filtro é à base de areia que deixa a água transparente, própria para o uso doméstico e agrícola, tornando-a 75% potável (com base em uma portaria do Ministério da Saúde). A iniciativa, inclusive, participou e ganhou na 19ª edição do prêmio nacional Educador Nota 10, conferindo ao capixaba o título de “Educador do Ano” de 2016.





Catraca Livre
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: