O deputado estadual Anísio Maia, do PT da Paraíba, assim como o deputado federal Luiz Couto (PT), que votou contra o projeto que terceiriza todos os serviços, também lamentou a manobra feita pelo governo federal que reduz os direitos dos trabalhadores no país.

Para ele, com isso, o governo ilegítimo do presidente Temer dá continuidade ao golpe, iniciado com o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

“O golpe foi feito para isso, para suprimir direito dos trabalhadores. Estão a cada dia, apenas, provando isso. A precarização, com o apoio da grande mídia, tenta enganar o trabalhador, dizendo que a partir disso, dessa terceirização, vai haver mais empregos para o brasileiro. Isso é a maior mentira que você pode pensar. Do contrário, vai ter agora a maior quantidade de emprego precário. As indústrias, diversos tipos de negócios, as empresas, vão transferir grande parte dos seus trabalhadores para a terceirização. Por exemplo, uma loja de roupas. Lá todos os trabalhadores são ligados ao sindicato do comércio e tem um trabalho x. Eles agora vão colocar uma parte dos funcionários para serem terceirizados e o salário em vez de ser em torno de R$ 1500, agora será um salário mínimo. Assim vai ser nas empresas de automóveis e em diversas outras”, disse.

Anísio alerta para a redução dos salários e do poder de compra dos trabalhadores que será iniciado com essa “novidade” aprovada pelo Congresso.

“A terceirização é um presente que o governo golpista dá aos trabalhadores do Brasil. Se preparem que os seus salários serão reduzidos em torno de 30%”, arrematou.

Dos 12 deputados da bancada federal da Paraíba, cinco votaram a favor, quatro foram contra e três faltaram à sessão.



PB Agora
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: