Paraguaio Romero comemora gol
Depois de um primeiro tempo inferior e com destaque para as defesas do goleiro Cássio, o Corinthians desencantou na etapa final e goleou o Flamengo por 4 a 0, na Arena de Itaquera, neste domingo, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

O destaque do duelo foi o paraguaio Romero, autor de dois gols e de uma assitência, enquanto o peruano Guerrero voltou a decepcionar no reencontro contra o ex-clube. O artilheiro flamenguista levou um chapéu de Bruno Henrique e foi vaiado. 

O resultado representou a terceira vitória consecuiva no campeonato (antes bateu Santa Cruz e América-MG) e igualou o líder do campeonato, o Palmeiras, em pontos: 25. Mas o time alvinegro tem dois gols a menos de saldo e por isso é o segundo colocado. 

A equipe alviverde entrará em campo diante do Sport, em Recife, nesta segunda-feira. Já o Flamengo é o sétimo colocado, com 20 pontos.

Romero abriu o placar aos 14 minutos do segundo tempo, em lance iniciado em uma cobrança de escanteio. A defesa flamenguista tentou afastar a bola da área, mas falhou e ela acabou sobrando para Romero, na pequena área, desviar para o gol.

O segundo gol ocorreu aos 32 minutos com um vacilo do lateral esquerdo Jorge, que errou um passe no meio de campo e entregou a bola nos pés de Romero. O paraguaio avançou livre pelo campo de ataque e deu a bola de presente para o meia Guilherme ampliar.

Aos 34 minutos, Rildo aproveitou um rebote do goleiro Alex Muralha e fez o terceiro tento corintiano. Aos 43, Romero ampliou após passe de Rodriguinho.

O Corinthians volta a campo no próximo sábado para enfrentar a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó, pela 14ª rodada do Brasileiro. O Flamengo jogará um dia depois. Fará o clássico contra o Atlético-MG, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

SENTIU O GOLPE

O Flamengo foi amplamente superior ao Corinthians no primeiro tempo, com 63% da posse de bola, ações no campo ofensivo e muitas chances de gols criadas.

O Corinthians limitou-se a defender, mas nem sempre bem. Foi graças a Cássio (leia mais abaixo) que salvou-se de sofrer gols. No ataque, o time não foi nem sombra do que ocorreu no segundo tempo, quando marcou quatro gols.

Aliás, o primeiro gol de Romero foi responsável por fazer o Flamengo desabar. O time rubro-negro sentiu o golpe, fraquejou na marcação e a equipe alvinegra deslanchou.
Foram quatro gols, mas poderiam ter sido mais não fosse Muralha.

GOLEIROS

O goleiro alvinegro fez boas defesas ao longo do primeiro tempo e foi o melhor jogador do time. Aos 14 minutos, salvou duas vezes em chutes de Cirino e Rafael Vaz a queima roupa.

Cássio voltou a demonstrar ótima forma aos 10 minutos do segundo tempo ao espalmar uma finalização bastante perigosa de Willian Arão. O volante entrou na área após tabelar com Guerrero e escolheu o canto certo do gol, mas o corintiano fez um milagre.

Não foi apenas o arqueiro alvinegro que fez boas defesas. Alex Muralha também justificou o apelido. O lance mais importante dele ocorreu aos 24 minutos, quando Romero lançou Marquinhos Gabriel no ataque. O meia chutou cruzado, com força, mas Muralha defendeu.

TRAVE

O Flamengo fez uma linda jogada aos 31 minutos do primeiro tempo. Guerrero prendeu a bola na área e tocou para Enderson, mais a esquerda, que bateu rasteiro e cruzado. A bola acertou a trave direita do Corinthians. No rebote, Alan Patrick chutou para fora.


ESPN

VAIAS, CHAPÉU E OFENSAS

Guerrero reencontrou a torcida corintiana pela segunda vez após ter deixado o clube alvinegro e, assim como no duelo em outubro de 2015, o peruano foi vaiado.

O ritual começou assim que ele apareceu para se aquecer no gramado. Teve o segundo ato quando o peruano apareceu no gramado para se aquecer. Prosseguiu assim que os times pisaram no gramado e a cada instante que ele pegava na bola.

A galera corintiana ainda delirou quando Bruno Henrique deu um chapéu em Guerrero, aos 41 minutos do primeiro tempo.

O atacante ainda teve de suportar ofensas, com gritos de ‘mercenário' e ‘Guerrero v...'.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 4 X 0 FLAMENGO
CAMPEONATO BRASILEIRO 2016 - 13ª RODADA
Data: domingo, 3 de julho de 2016
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Arena do Corinthians, em São Paulo (SP)
Público: 32.577 pagantes
Renda: R$ 2.025.123,50
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa-SC)
Cartão amarelo: Guilherme e Pedro Henrique (COR); Enderson, Guerrero e Márcio Araújo (FLA)
Cartão vermelho: Zé Ricardo (por reclamação)
GOLS: Romero, aos 14 min, Guilherme, aos 32 min, Rildo, aos 34 min, e Romero, aos 40 min do 2º tempo
CORINTHIANS: Cássio; Fágner, Balbuena, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Giovanni Augusto (Rildo) e Marquinhos Gabriel (Maycon); Romero e Luciano (Guilherme). Técnico: Cristóvão Borges
FLAMENGO: Alex Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Willian Arão, Márcio Araújo, Ederson (Everton), Alan Patrick e Marcelo Cirino (Thiago Santos); Guerrero. Técnico: Zé Ricardo
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: