Senador Raimundo Lira (Edilson Rodrigues/Agência Senado)


O senador Raimundo Lira (PMDB), indicado para a presidência da Comissão Especial do Senado que vai analisar a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, disse nessa quarta, dia 20, que pretende usar todo o prazo regimental na condução dos trabalhos.
Defensor do impeachment antes de sua indicação para presidir a comissão especial, Lira disse que adotará um posicionamento “suprapartidário”. “Eu era favorável ao impeachment, mas sinto-me totalmente à vontade porque adotei a posição que foi adotada pelo meu partido, no meu estado e em nível nacional. Mas, no momento em que aceitei a missão do meu líder, ficou estabelecido entre nós que eu teria uma postura suprapartidária na comissão e que meu status, a partir daquele momento, passaria a ser indeciso.”
Na próxima segunda-feira, dia 25, a comissão será eleita pelo plenário do Senado, e os trabalhos serão iniciados na terça-feira, dia 26.
PortalVox
Axact

TERRA NOVA FM 88.7 - UM NOVO PROJETO EM RÁDIO

Um Orgão da Fundação Educativa e Cultural Manoel Joaquim dos Santos(FUNDEC), Fundada em 22 de Dezembro de 2014,tem como objetivo principal informar e propiciar ao ouvinte a melhor informação junto a uma educação de qualidade.

Postar um comentário:

0 comentários: